Nós somos filhos e filhas do sol e da lua
Das matas e dos rios
Dos mares e montanhas

Tudo que está grudado
Neste ponto gravitacional
Que gira
Atravessando espaço e som
Em dança e tom universal

Explodimos a individualidade
Devir mundo, viver natureza
Somos selvagens
Naturalmente ligados ao pulsar da energia

Intensidade viva!
Desterritorializar, tornar o espaço livre
Rizomática, nomadologia
Os tambores e flautas de ossos abrem portais de sabedoria

…passagens e meios… veja mais em https://medium.com/ormando

…passagens e meios… veja mais em https://medium.com/ormando